Quisera eu ter um teto pra chamar de lar

Longe do frio, do medo, do só

Queria poder trancar a porta quando

Meu pior inimigo me chamar,

Quisera ter um colo para deitar,

Uma mão para apertar,

Um tchau para dar,

E um lugar para voltar.

Quisera ter um casaco,

Que não aquece o frio,

Ameniza somente o vazio,

Esquenta o coração.

Tira a solidão

E não diga que não…

Aquece a alma… 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s